Jardim da Estrela

Lisboa

JARDIM DA ESTRELA

O jardim da Estrela, também conhecido por Jardim Guerra Junqueiro foi inicialmente chamado de ‘Passeio da Estrela’.

Construído em meados do século XIX por iniciativa do Marquês de Tomar, em terrenos adquiridos pela CML graças a um donativo do benemérito Barão de Barcelinhos. A construção do jardim contou também com um donativo equivalente de Joaquim Manuel Monteiro, que mais tarde recebeu o título de Visconde, e depois Conde da Estrela.

 

Jardim da Estrela Lisboa entrade

Entrade de Jardim da Estrela Lisboa

 

 

Trata-se de um jardim que reflecte a concepção romântica dos parques à inglesa. Teve como arquitecto Pedro José Pezerat.  As plantações foram orientadas pelos jardineiros João Francisco e o francês Jean Bonard.

É um jardim fechado por um belo gradeamento em ferro, com portões que permitem a entrada por quatro ruas.

Uma das peças notáveis deste jardim é o coreto, em ferro trabalhado, outrora “palco de frequentes concertos filarmónicos” e que originalmente estava no ‘Passeio Público’ (Avenida da Liberdade).

O jardim dispõe ainda de cascatas, estufas e um pavilhão chinês, este traçado por Pezerat.

O mais sensacional atractivo da Estrela veio de África e foi oferecido pelo explorador africano Paiva Raposo em 1870: um leão, tendo sido, até morrer, uma atracção deste jardim.

Em 1931, o número de árvores do Jardim da Estrela era de 838 com 32 espécies diferentes. Nas estufas do Jardim, havia já, nesta década, numerosas variedades de plantas, e era neste local que era permitida a venda ao público de flores dos jardins municipais.

De salientar a existência de aves exóticas como os periquitos-rabijuncos e os periquitos-da-guiné.

Para além do coreto e da floricultura, o Jardim da Estrela era único pelas estátuas e  bustos que ainda hoje o embelezam.

Equipamentos

Instalações sanitárias, parque infantil, quiosque com café-esplanada, restaurante com esplanada, polidesportivo informal.

 

kiosque de Jardim da Estrela

kiosque de Jardim da Estrela

 

 

Actividades

No 1º fim-de-semana de cada mês: Craft & Design na Estrela, das 9h-18h.

 

HORÁRIO: Aberto das 07h às 24h

ACESSO: Autocarros (Carris): 709, 713, 720, 773; Eléctricos (Carris): 25E, 28E; Metro: Linha Amarela (Estação Rato)